em manual

Nota Técnica Camunda – Modelagem

Elaborei esta nota técnica sobre o Camunda BPM com o intuito de classificar o atendimento de requisitos para mapeamento e modelagem de processos, casos e decisões com base nas versões Cawemo 1.2 e Camunda Modeler 4.0.

Modelagem de Processos

O Camunda BPM tem suporte a grande maioria dos elementos da notação e modelo BPMN 2.0, tanto para modelagem quanto para execução. Os elementos da BPMN cobertos pelo Camunda BPM estão representados em laranja nas imagens as seguir ou em BPMN 2.0 Implementation Reference.

Duas ferramentas para a modelagem de processos na notação e modelo BPMN poderão ser usadas:

Cawemo

Plataforma de modelagem colaborativa, fácil de usar, permitindo que várias pessoas de Áreas de Negócio trabalhem juntas especificar diagramas (nível descritivo) e mapas (nível analítico) de processo em BPMN e posteriormente repassar aos desenvolvedores implantarem modelos (nível executável) de processos na ferramenta Camunda Modeler.

Dentre as principais características, podemos destacar:

Modelar processos BPMN de forma colaborativa.

Criar diagramas de processo BPMN com todas as partes interessadas envolvidas para especificar o fluxo de trabalho que deve ser automatizado. Busca o alinhamento entre analistas de negócios, gerentes de projeto e pessoas de TI para implementar o processo correto para:

  1. Anexar descrições de especificação e links aos nós do diagrama;
  2. Comentar com todos os membros da equipe dentro do diagrama;
  3. Incorporar diagramas nas páginas HTML (por exemplo, Confluence) para compartilhar documentação diretamente da renderização dos diagramas com atualização automática de versões;
  4. Exportar diagramas como arquivos XML do BPMN 2.0 padrão para ser importado na ferramenta Camunda Modeler ou outras ferramentas que suportem este mesmo Standard de BPM.

Via plugins para o motor de processos e as ferramentas de modelagem integrar com os demais componentes do Camunda BPM:

  1. Sincronizar todos os processos implantados dos seus motores Camunda com o Cawemo;
  2. Sincronizar o estado de desenvolvimento mais recente através do Camunda Modeler;
  3. Ramificar a versão de produção mais recente para elaborar a próxima iteração;
  4. Conectar todos os diagramas sincronizados do mesmo processo para ver sua evolução.

Acompanhar as alterações dos diagramas:

  1. Versionamento completo do histórico do diagrama
  2. Possibilidade de comparar as alterações de um fluxo de trabalho com a atual identificando as diferenças entre as versões é destacada com cores distintas.
  3. Ao criar um marco manualmente ou sempre que um novo processo implementado é sincronizado, uma nova versão é adicionada ao histórico.

Versão Enterprise Edition

A seguir algumas funcionalidades extras da versão Enterprise Edition:

Instalação On-Premise para rodar nos seus servidores atrás do seu firewal ou em nuvem privada com gerenciamento próprio.

Camunda Modeler

O Camunda Modeler é uma ferramenta instalada no computador para modelar fluxos de trabalho na notação BPMN, decisões com base em regras de negócio com a notação DMN e casos dinâmicos em CMMN.

As distribuições estão disponíveis para instalação e operação nos sistemas operacionais Windows, MacOS e Linux.

Download do Camunda Modeler – https://camunda.com/download/modeler/

Design de fluxos de trabalho e decisões

O Camunda Modeler suporta os standards de BPM (BPMN-CMMN-DMN triple crown) nas versões BPMN 2.0, CMMN 1.1 e DMN 1.3 (FEEL 1.2 Friendly Enough Expression Language), incluindo lógica de decisão das regras de negócio em tabelas de decisão (decision tables) e diagramas de requisitos de decisão (DRD Decision Requirement Diagram).

Criar modelos executáveis

Além da modelagem visual, o Camunda Modeler permite editar todas as propriedades necessárias para a execução técnica. Como o Camunda Modeler trabalha diretamente nos arquivos XML BPMN, CMMN e DMN, os desenvolvedores podem combiná-lo facilmente com a sua ferramenta de IDE preferida (por exemplo, Eclipse, Netbeans, IntelliJ).

Os arquivos XML criados podem ser implementados na Plataforma Camunda e executados pelos mecanismos BPMN, CMMN e DMN (motores de execução de processos, casos e decisões).

Modelos de Elemento

Os Modelos de Elemento (Element Templates) permitem criar configurações predefinidas em arquivos JSON para que os usuários trabalhem com um painel de propriedades customizado.

Por exemplo, você pode configurar uma “Tarefa de e-mail” que sempre solicitará o endereço de email do remetente, o endereço do destinatário, um assunto e um corpo. Uma vez implementada, essa tarefa será executada com base em uma lógica de execução predefinida, por exemplo, em Java. Isso permite que você forneça um ambiente de baixo código personalizado para criar e alterar fluxos de trabalho em sua organização.

Plugins Adicionais

Com os plugins é possível alterar sua aparência da ferramenta de modelagem, adicionar novas entradas de menu ou estender as ferramentas de modelagem para os standards BPMN, CMMN e DMN.

Adicionar um plugin é tão fácil quanto colocar os arquivos no respectivo diretório. Simulação de processo, pré-visualização de formulários, renomear nomes técnicos dos elementos, são alguns dos exemplos de plugins já existentes. Muitos outros plugins são desenvolvidos pelos usuários da ferramenta e compartilhados abertamente no GitHub.

Exemplos de Plugins no Camunda Modeler

A seguir um vídeo com exemplos de simulação de processos de negócio modelados na notação BPMN 2.0 utilizando o plugin Camunda Modeler Token Simulation. Mais informações no post Simulação de processo com BPMN.

Principais Plugins para o Camunda Moder:

Camunda Modeler – Rename Technical IDs

UserTask Generated Form Preview and Embedded Form Generator

Token Simulation for the Camunda Modeler

BPMN Linter – Model Validator

Camunda Modeler Tooltip Plugin

Camunda Transaction Boundaries

Cloud Connect